Cannabidiol-750×375

Governo de Estremadura (Espanha) e Portugal cultivarão cannabis para conservar o meio ambiente

Este empreendimento terá um financiamento total de 1,3 milhões de euros disponibilizado pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER). A iniciativa será realizada na zona EURACE, uma área de 92.500 km2 e equivalente a 16% da Península Ibérica.

O projeto denominado POCTEP BRGENEER tem como objetivo gerar novos empregos nas regiões portuguesas Centro e Alentejo e em Estremadura. A intenção é que o cânhamo seja introduzido como uma alternativa sustentável para substituir diversos materiais nocivos ao meio ambiente. Segundo o comunicado oficial do governo de Estremadura, a iniciativa visa gerar cadeias de alto valor produtivo que possam dinamizar as zonas rurais da zona de cooperação.

O cânhamo não pode ser usado apenas para aproveitar suas fibras na criação de pneus e de biocombustíveis. A planta é fitorremediadora e tem a capacidade de absorver grandes quantidades de metais pesados ​​do solo. Para ganhar dimensão, foram desenvolvidas iniciativas em Chernobyl para que a planta reduza os níveis de contaminação radioativa nos terrenos da cidade onde explodiu a central nuclear em 1986. Por esta razão, o projeto de cooperação entre Espanha e Portugal visa conservar as áreas com elevado valor ecológico, em um contexto de crise ambiental.

Referência de texto: Cáñamo / el Periódico Extremadura

noticia retirada do site: https://www.daboabrasil.com/2024/05/05/governo-de-estremadura-espanha-e-portugal-cultivarao-cannabis-para-conservar-o-meio-ambiente/